, , , , ,

Tech Composites instala guarda-corpos em empresa de papel e celulose

Durante o mês de Outubro a Tech Composites realizou a remoção dos guarda-corpos existentes em aço (que não suportam a corrosão do ambiente) e foi realizada a instalação de guarda-corpos em PRFV (Fibra de Vidro) em uma empresa multinacional de papel e celulose no interior de São Paulo. Os guarda-corpos instalados atendem a norma NR-12, onde se trata de segurança no trabalho em máquinas e equipamentos, definida pelo Ministério do Trabalho e emprego.

 

Durante o processo de fabricação de celulose, mais especificamente na etapa de branqueamento é utilizado produtos químicos para deixar a celulose (inicialmente com coloração marrom) descolorida. Os agentes químicos atuam na estrutura molecular da lignina, descolorindo a polpa. Os vapores destes gases são corrosivos e agressivos ao aço e, como a fibra de vidro (PRFV) é totalmente imune a corrosão este material é utilizado em indústrias de papel e celulose. Outros ambientes que existem a corrosão e o material em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro pode ser usado são em Estações de Tratamento de Água (ETA), de esgoto e/ou efluentes (ETE), indústrias de fertilizantes, indústria química/petroquímica, óleo e gás, mineração, alimentícia, dentre outros.

 

A Tech Composites comercializa produtos de grande resistência contra corrosão e fazem parte da sua linha de produtos: grade de piso em fibra de vidro, guarda-corpo em PRFV, parapeito em fibra de vidro, escada-marinheiro em fibra, escadas inclinadas, escadas para acessopassarelas em fibra (PRFV), leito em fibra de vidro, eletrocalhas em PRFV, grade de proteção para correia transportadora, Shelters ou abrigos para subestações elétricas, perfis em Fibra de Vidro e projetos conforme especificações do cliente.

 

escada-site

Clique e conheça nossos catálogos e  portfólio!

, ,

Campinas-SP: Cidade 100% limpa

Recentemente foi assinado o contrato junto a SANASA Campinas para as obras da ETE Boa Vista. Esta obra vai atender 16 bairros, 20 núcleos residenciais, 10 indústrias e beneficiar mais de 78 mil habitantes. Com ela, Campinas atingirá a meta de universalização do saneamento básico, que consiste na capacidade instalada, até este ano, de 100% de tratamento de esgoto.

campinas-sp

A contratação  prevê o fornecimento de sistema de ultrafiltração por membranas submersas, com capacidade de tratamento de 180 litros  por segundo, incluindo a execução de obras e operação assistida da ETE Boa Vista e execução da travessia de interceptor de esgoto nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes.

Durante os últimos anos, a Tech Composites forneceu toneladas de material em PRFV (Plástico Reforçado com Fibra de Vidro) as estações de água e esgoto da Sanasa. O material vem amplamente sendo substituído pelo aço, pois a fibra de vidro não enferruja, não corrói, não é condutor elétrico, é de fácil instalação e a durabilidade do material é superior a do aço.

Tech Composites comercializa produtos de grande resistência contra corrosão e fazem parte da sua linha de produtos:grade de piso em fibra de vidroguarda-corpo em PRFVescada-marinheiro pultrudada em fibra, escadas inclinadas,escadaria para acesso, passarelas em fibraleito em fibra de vidro, eletrocalhas em PRFV, grade de proteção para correia transportadora, abrigos para subestações elétricas, perfis em Fibra de Vidro e projetos conforme especificações do cliente.

 

,

Tech Composites assina contrato anual de fornecimento com empresa de fertilizantes

Na última semana a Tech Composites assinou um contrato, com duração de um ano, para fornecer material de bandejamento elétrico (leitos, eletrocalhas e acessórios em PRFV – Plástico Reforçado Fibra de Vidro) a 28 fábricas de fertilizantes e unidades de mistura de uma das maiores empresas do ramo do país. As unidades estão alocadas de norte a sul do país e o material é utilizado em larga escala nestas unidades por ser um local com ambiente extremamente corrosivo e exigir de alta resistência mecânica.

Além de indústrias de fertilizantes, o material possui alta aplicabilidade em empresas de saneamento ou construtoras (estações de tratamento de água e esgoto), indústrias de papel e celulose, mineradoras, petróleo e gás, indústrias químicas, dentre outros. O produto é anti-corrosivo, possui resistência mecânica similar ao aço carbono, resiste a raios ultra-violetas, baixo peso específico e não propsga chamas. O produto também possui resistência a cargas elevadas por conta de suas fibras de vidro e a resistência química se dá a resina utilizada (que pode variar conforme o grau de agressividade do ambiente).

Com esta tecnologia de ponta, pode-se produzir: Grades de piso em fibra, guarda-corpos em PRFV, escadarias de acesso, escada-marinheiro em PRFV, estrutura vertical, grade de proteção para correia transportadora, passarelas em fibra de vidro, patamares, perfis em PRFV e projetos especiais.

,

Tech Composites recebe homologação na EMASA e DMAE

Nesta semana, a Tech Composites recebeu a homologação de duas novas empresas de saneamento: Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú/SC (EMASA) e do Departamento Municipal de Água e Esgoto de Poços de Caldas/MG (DMAE). Desta forma, a Tech Ccomposites está autorizada a fornecer produtos da mais alta qualidade a estas empresas.

Estas duas empresas possuem uma grande necessidade da utilização de materiais não-corrosivos, para que possam alongar a vida útil de seus projetos e confiram à Tech Composites a missão de fornecer estes produtos. Entre as características da fibra de vidro (PRFV), podemos destacar: Material que não oxida, não sofre corrosão, não retém água (não é higroscópico), não propaga chamas, possui uma rápida instalação, não necessita de manutenção frequente e atende as mais rigorosas normas internacionais de qualidade.

Nós, da Tech Composites, trabalhamos com produtos em PRFV (fibra de vidro), como: grades de piso injetada em fibra, grades de piso pultrudada, guarda-corpo (atende a NR-12 e NR-18), escadas inclinadas de acesso, escada-marinheiro em PRFV, leitos em fibra de vidro, eletrocalhas em PRFV, tampas para estações de tratamento, dentre outros.

Clique aqui e conheça nossa linha completa de produtos!

,

Tech Composites assina contrato para instalação de Guarda-Corpo em Ortigueira-PR

A nova fábrica da Klabin (maior produtora e exportadora de papéis do Brasil) em Ortigueira-PR, maior investimento privado da história do Paraná, está a todo vapor. Apenas este ano deverá ser investido 3,4 bilhões de reais e a construção já empregou quase 10 mil pessoas. Como o ambiente é indicado ao uso da fibra de vidro (PRFV) por ser altamente corrosivo, a Tech Composites está com seus funcionários mobilizados para a instalação de centenas de metros de guarda-corpo em fibra de vidro nesta unidade.

Klabin_ortigueira

Projeto Puma da Klabin em Ortigueira, PR. 200 hectares de área construída.

Os materiais em PRFV vêm gradativamente substituindo o aço utilizado nas indústrias, pois a fibra de vidro não é atacada pela corrosão, não é condutor de eletricidade, possui resistência mecânica similar ao aço e a vida útil pode chegar de 20 a 30 anos. Além disto, o produto possui baixíssima manutenção.

A Tech Composites trabalha com produtos produzidos em PRFV (Fibra de vidro) especialmente desenvolvidos para ambientes com agressividade química como: Guarda- corpoGrades de pisoEscadas MarinheiroEscadas InclinadasPassarelasEstruturas verticais, Tampas para Saneamento, Proteção para Correias Transportadoras e Material para Bandejamento (Leitos e Eletrocalhas). Quer saber mais? Clique aqui e conheça nossa linha completa de produtos!