,

Fossa séptica biodigestora beneficia 57 mil pessoas no Brasil

Um levantamento inédito feito pela EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) revela a utilização de mais de 11 mil unidades da fossa séptica biodigestora. A mesma foi utilizada em mais de 250 municípios do país, nas cinco regiões, onde beneficia quase 60 mil pessoas, em especial as que vivem em zonas rurais. A principal aplicação do material é que ao se substituir as fossas convencionais pelas biodigestoras não há contaminação do solo e dos lençóis freáticos. Como exemplo, para a aplicação de uma residência para cinco moradores é instalada três caixas de mil litros e o produto final pode ser utilizado como fertilizante agrícola a ser aplicado no solo. As caixas devem ser semienterradas no solo para haver isolamento térmico e são feitas com fibra de vidro (ou algum outro material resistente).

Os materiais em PRFV (fibra de vidro) ou FRP (Fiberglass Reforced Plastic) atendem diversas necessidades de produtos especiais que necessitem de um material anticorrosivo pelo fato de possuírem um alto nível de pH (material ácido). Isto ocorre porque o PRFVFibra de Vidro – não sofre desgaste corrosivo em contato com esses materiais podendo durar cerca de 20 anos sem a necessidade de manutenção, o que gera uma economia muito grande de mão de obra e de gastos com a substituição do equipamento de uma forma preventiva.

São produtos da linha de fabricação da Tech Composites: Grade de piso injetada em fibra de vidro, grade de piso pultrudada em PRFV, canaletas e gradis em PRFV, escada tipo marinheiro em Fibra (com ou sem arco de proteção), saída tipo piscina, escadaria inclinada pultrudada, escada de acesso a tanques em PRFV atendendo a NR12, passarela em fibra de vidro, patamar de acesso em PRFV, grade para proteção de correia transportadora, grade protetora para motores, cantoneira em fibra de vidro, viga estrutural em PRFV, leito pultrudado para cabos, eletrocalhas em fibra para cabeamento, acessório de fixação em fibra de vidro.

,

Sanepar investe R$ 52 mi em Ponta Grossa e nos campos gerais

A Sanepar (Companhia de abastecimento de água do Paraná) investiu R$ 52 milhões de reais em Ponta Grossa e em mais 9 municípios próximos. Somente em Ponta Grossa, quase 9 milhões estão sendo aplicados na ampliação do sistema de distribuição de água em Uvaranas, um bairro da cidade. Além da água potável, está sendo ampliado o sistema de tratamento de esgoto da cidade em pelo menos quatro estações.

Ponta Grossa PR

Ponta Grossa – PR

Estas estações trabalham com materiais corrosivos, como o cloro por exemplo, que tem função de eliminar bactérias presentes na água. Diante destes cenários a Tech Composites trabalha com soluções contra a corrosão, fornecendo produtos com padrão de qualidade internacional. Com materiais leves e resistentes em PRFV (fibra de vidro) comercializamos produtos como: grade de piso em PRFVguarda-corpo em PRFVescada-marinheiro pultrudada em fibra, escadas inclinadasescada para acessopatamares de descanso, passarelas em fibraleito em fibra de vidro, eletrocalhas em PRFV, grade de proteção para correia transportadora, abrigos para subestações elétricas, perfis em Fibra de Vidro e projetos especiais.

Conheça a Norma Regulamentadora NR-12

Com os avanços da indústria brasileira na última década, o Brasil se estabeleceu na rota internacional de negócios, destacando-se pela sua qualidade nos produtos fornecidos. Estes avanços exigiram uma cobrança direta nas leis que regem a indústria nacional e a integridade física de sua mão de obra. Neste contexto, o objetivo da norma regulamentadora NR-12 é definir técnicas e princípios com a finalidade de padronizar técnicas para garantir a segurança dos trabalhadores, requisitos para a prevenção de acidentes, doenças do trabalho e ainda abrange quanto a fabricação de equipamentos, importação, comercialização, etc.

Para atender a esta norma, o material em PRFV (fibra de vidro) é aplicado com a finalidade de confeccionar proteções para os equipamentos, utilizando-se de chapas planas em PRFV, pinos, cantoneiras, dentre outros. O material é utilizado amplamente em locais altamente corrosivos, como: estações de tratamento de água, de esgoto ou de efluentes, indústrias de papel e celulose, indústria química, fertilizantes, petróleo e gás, dentre outros.

Além de proteções para equipamentos, a Tech Composites comercializa grade de piso em fibra de vidro, guarda-corpo em PRFV, escada-marinheiro em fibra, escadas inclinadas, escadaria para acesso, passarelas em fibra, leito em fibra de vidro, eletrocalhas em PRFV, grade de proteção para correia transportadora, abrigos para subestações elétricas, perfis em Fibra de Vidro e projetos conforme especificações do cliente.